SDG Striker – Scoring Goals for Sustainability

DESCRIÇÃO:

 

A SDG Strike (1) procura aumentar a capacidade da organização para a boa governança em organizações desportivas de base, ajudando-as a implementar e comunicar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e (2) desenvolver um entendimento conjunto sobre as melhores práticas antes, durante e depois de testado e avaliado o seu potencial para replicação em federações desportivas nacionais - e além fronteiras nacionais.
 

Este projeto reúne a participação de 6 organizações: três parceiros técnicos (Ecoserveis, o Instituto de Energia da Universidade Johannes Kepler e a Rede Europeia de Desenvolvimento do Futebol - EFDN) e três federações de futebol da UEFA (Portugal, Noruega e Escócia).
 

Para o primeiro objetivo, o projeto irá reunir e resumir inquéritos relevantes sobre os aspetos de sustentabilidade das três áreas de foco a serem implementadas na próxima fase:
 

  • pobreza/ eficiência energética;
  • viabilidade fotovoltaica; e,
  • preenchimento de relva artificial (com a utilização de microplásticos).

 

 

Vai ser ainda realizado um questionário aos clubes de futebol de formação para avaliar as suas necessidades, as práticas atuais nas áreas do projeto e oferecer mentoria para aumentar as suas competências. Cada país executará um projeto piloto específico visando os clubes de formação que serão avaliados e validados posteriormente.
 

Transferir conhecimento e fazê-lo com elevada qualidade é mais um foco para o projeto SDG STRIKER. Por esse mesmo motivo, e para a alcançar a meta nº 2, serão medidos um conjunto de resultados intelectuais que, posteriormente, vão ser disseminados em 8 eventos desportivos e reuniões presenciais com clubes e associações, tendo como objetivos o desenvolvimento:
 

  • um guia prático sobre como incorporar e comunicar os ODS em organizações desportivas;
  • um relatório de avaliação dos projetos piloto;
  • um guia estratégico para os praticantes dos ODS, que incluirá recomendações de políticas; e,
  • um novo e inovador resumo dos ODS no desporto, tendo como público-alvo proprietários de clubes desportivos, gestores de instalações desportivas.

NOME DO PROJECTO: SDG Striker – Scoring Goals for Sustainability

 

 

DURAÇÃO DO PROJECTO: 01/01/2021 - 30/06/2023

 

 

PÚBLICO ALVO:

  • Dirigentes desportivos
  • Associações de futebol
  • Líderes politicos na área do desporto e sustentabilidade

 

O projeto irá ser realizado em 30 meses e cobre 6 países europeus.
 

Em Portugal, a FPF vai desenvolver um estudo de viabilidade do projeto, no sentido de avaliar os custos, o retorno e outros impactos sociais e económicos da instalação de painéis solares fotovoltaicos nas instalações desportivas, já que a sustentabilidade ambiental é um dos pilares estratégicos da FPF/Cidade do Futebol e nesse sentido, temos procurado cada vez mais implementar equipamentos e tecnologia que permitam reduzir o impacto ambiental da nossa atividade.

 

PAINÉIS SOLARES NA CIDADE DO FUTEBOL:

 

Desde a inauguração do espaço, em março de 2016, que a utilização de painéis solares, para produção de águas quentes sanitárias e de água filtrada, através de um sistema de equipamentos de purificação, são algumas das apostas para tornar a Cidade do Futebol ainda mais sustentável e amiga do ambiente.
 

Hoje, contamos com 39 painéis solares, para aquecimento de águas no edifício sede e edifício centro técnico mais 37 coletores solares na Casa dos Atleta, e à semelhança da Sede, são também para o aquecimento das águas quentes sanitárias.. Este sistema é apoiado por um conjunto de caldeiras modulares 4x100kW e pelo sistema de recuperação do chiller. São 5 depósitos de 2500L para acumulação de águas quentes sanitárias e, entre eles foram criados “by-pass”, de modo a permitir o funcionamento do sistema, em situações de manutenção e/ou falha de qualquer um dos depósitos.

Preferencialmente, os painéis solares continuam a aquecer os depósitos de AQS (águas quentes sanitárias) e satisfeitas as temperaturas dos depósitos, a energia é canalizada para o aquecimento da piscina em vez de se dissipar para a atmosfera. 
 

 

                             

      


PARTICIPAÇÃO DA FPF:
Parceiro do projeto. Até 2023
 

OBJETIVOS:
 

  • Aumentar a capacidade de organização para a boa governança nas organizações desportivas de base, ajudando-as a implementar e comunicar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS);
  • Desenvolver uma compreensão conjunta sobre as melhores práticas antes, durante e depois de serem testados, e avaliar seu potencial de replicação em federações desportivas nacionais - e além-fronteiras.