FPF lança inquérito para adeptos com deficiências

Responsabilidade Social

Federação apoia campanha pela inclusão da CAFE, parceira de responsabilidade social da UEFA. Objetivo é melhorar infraestruturas e experiências para fãs com necessidades especiais.

A Federação Portuguesa de Futebol juntou-se esta terça-feira às celebrações da Semana de Ação da CAFE (Centro para o Acesso ao Futebol na Europa), com o lançamento de um inquérito para adeptos de futebol com deficiências.

O objetivo deste inquérito, elaborado com o apoio da CAFE, e em consonância com a política de Responsabilidade Social da FPF, é investigar o nível de acessibilidade dos estádios portugueses e conhecer as principais barreiras que enfrentam os adeptos com deficiências que assistem ou gostavam de assistir ao vivo a jogos de futebol.

O Centro para o Acesso ao Futebol na Europa foi criado no verão de 2009, com fundos atribuídos pela UEFA, e tem como missão garantir que pessoas portadoras de deficiências visíveis e não visíveis possam participar e desfrutar plenamente do futebol, seja como adeptos, jogadores, treinadores, dirigentes ou voluntários. Nesse sentido, a CAFE colabora ativamente com federações, clubes, ligas, NGO's e associações de adeptos, procurando sensibilizá-las para a importância de garantir infraestruturas adequadas e eliminar todas as barreiras ao acesso de pessoas com necessidades especiais.

Com o inquérito lançado esta terça-feira, a FPF vai garantir uma recolha inédita de dados sobre os adeptos com deficiências em Portugal, que servirão de suporte a um estudo exaustivo da CAFE, a publicar no final do ano. O estudo ajudará a FPF no seu compromisso de tornar o futebol português mais acessível, inclusivo e acolhedor para todos.

Um milhão e 700 mil portugueses com deficiências
Estudos europeus apontam para a existência de cerca de 100 milhões de pessoas portadoras de deficiências na região geográfica da UEFA. Em Portugal, estima-se que um milhão e 700 mil portugueses possuam algum tipo de incapacidade, da mesma forma que se julga que uma parte significativa desses portugueses sejam adeptos de futebol, até pela ligação emocional do país ao chamado desporto-rei.

Quem pode participar neste Inquérito para Adeptos com Deficiências?
O inquérito lançado pela FPF, e disponível AQUI, destina-se a adeptos com necessidades especiais que vão a jogos de futebol em Portugal e estão dispostos a partilhar as suas experiências, positivas ou negativas, em dias de jogo. Destina-se, também, a pessoas portadoras de deficiências que desejam assistir a jogos mas que ainda não o fizeram, com a FPF a encorajá-las a descrever as barreiras/razões que as impediram de o fazer. O inquérito poderá ser ainda preenchido por acompanhantes de adeptos com necessidades especiais.

Para que serve?
As respostas recolhidas serão tratadas por especialistas e farão parte de um estudo exaustivo da CAFE, a publicar no final do ano.

Quanto tempo demora o preenchimento e até quando está disponível o inquérito?
O inquérito consiste em quatro secções e demora cerca de 15 minutos a ser preenchido na sua totalidade. Vai estar disponível online até às 17h00 [hora de Lisboa] de sexta-feira, 14 de maio de 2021.

Existem formatos alternativos ao inquérito online?  
Está disponível um formato alternativo, em documento word. Poderá ser descarregado e adaptado aos requisitos de acessibilidade de quem vai responder. Se necessário, o inquérito poderá ser preenchido por telefone.

Como proceder em caso de dúvidas ou dificuldades?
Se tiver dúvidas ou alguma questão/dificuldade relacionada com o preenchimento ou 'download' do inquérito, por favor envie e-mail para acessibilidade@fpf.pt ou ligue para +351 21 3252700.

Como saber mais sobre a Action Week da CAFE que está a decorrer?
A Semana de Ação da CAFE arrancou no dia 6 de março e vai estender-se até domingo, 14. É uma celebração anual que se realiza desde 2013 e leva federações, clubes, estádios, grupos de adeptos a organizar atividades de sensibilização para a inclusão um pouco por toda a Europa. O mote desta semana festiva é #TotalAccess, que significa acesso total. Durante uma semana, fãs com deficiências e todos os parceiros da CAFE unem-se na promoção de um futebol acessível para todos. A edição de 2021 da CAFE Action Week conta com uma novidade, que é um programa de atribuição de pequenas bolsas até ao valor de 250€, para adeptos com deficiências e organizações que os apoiam. Para mais informações sobre as iniciativas da CAFE e as candidaturas a bolsas de apoio, visite www.cafefootball.eu/week-of-action.

 

 


;

Notícias