Desilusões, recordes e uma goleada

Mundial-2022

Mais quatro encontros do Mundial disputados nesta quarta-feira, com a Alemanha a sair derrotada pelo Japão e a Espanha a aplicar 'chapa sete' à Costa Rica.

A vice-campeã mundial Croácia foi a primeira a entrar em campo esta quarta-feira e não foi além de um empate sem golos, frente à seleção de Marrocos.

Este encontro entre croatas e marroquinos, a contar para o grupo F, ficou marcado por um recorde de Luka Modrić: o experiente centrocampista do Real Madrid, e capitão da seleção croata, tornou-se no primeiro jogador de futebol a disputar Mundiais e Europeus em três décadas diferentes.

Modrić esteve nas fases finais do Campeonato do Mundo de 2006, 2014, 2018 e agora em 2022, e vestiu a camisola croata nos Campeonatos da Europa de 2008, 2012, 2016 e 2021.

No Grupo E, o Japão surpreendeu e bateu por 2-1 a poderosa Alemanha. No 24.º lugar do ranking FIFA de seleções nacionais, a formação nipónica garantiu três pontos com uma reviravolta, depois de ter estado a perder por 1-0. 

A Espanha conseguiu a maior goleada de sempre em Mundiais, ao vencer por 7-0 a Costa Rica, em partida referente ao Grupo E. Aos 30 minutos, a seleção espanhola já estava a ganhar por 3-0, impressionando no final da partida com 94por cento de passes certos e 72 por cento de posse de bola. 

No último duelo do dia, relativo ao grupo F, a Bélgica venceu o Canadá pela margem mínima (1-0), depois de ter feito uma exibição discreta. A seleção canadiana, que chega pela segunda vez a uma fase final do Mundial, após a participação no México-86, jogou melhor mas desperdiçou uma grande penalidade.

 


;
;
23 de Novembro 2022
Foto

fifa.com

Notícias