Fernando Santos: "Temos de impor o nosso jogo"

Seleção A

Selecionador Nacional fez a antevisão do embate com a Chéquia. O internacional português Rúben Dias também falou em conferência de imprensa.

Fernando Santos em discurso direto:

“[A República Checa] tem jogadores de muita qualidade, é uma equipa que sabe o que faz e cria sempre enormes problemas. Em Portugal foi assim e tiveram três, quatro e cinco situações. Espero equipa semelhante, mas temos de olhar para nós e impor o nosso jogo."

“Recebi a comunicação do Rafa que não estava disponível para integrar o estágio por razões pessoais e ao treinador compete respeitar aquilo que é a decisão. O que me comunicou a mim foi a pedir dispensa do estágio e depois comunicou à FPF a indisponibilidade para fazer parte da Seleção. Temos de respeitar, é o mais importante. Tive sempre uma ótima relação com o Rafa, como tenho com todos os jogadores da Seleção. Foi o que aconteceu”

“No primeiro dia de estágio percebi que dificilmente o Félix poderia estar neste jogo. A vinda do Gonçalo Ramos teve que ver com o Félix. Vamos ver se para o jogo da Espanha estará, mas [o Gonçalo Ramos] não veio como substituo do Rafa”

Rúben Dias em discurso direto:

“A equipa está bem, está pronta e o cenário ideal era poder contar com todos. O Pepe teve de sair, mas, ainda assim, a equipa está forte e preparada”

“Os checo têm as suas armas e são uma equipa perigosa. Mas, acima de tudo, temos de nos preocupar connosco”

“O Danilo já conheço há muito tempo, a sua posição não é central, mas desempenha muito bem. E, como é óbvio, treinámos juntos”

Portugal segue no segundo posto do Grupo A2

O encontro entre checos e lusos, neste sábado, tem início marcado para as 19h45 (hora de Lisboa), na Eden Arena, em Praga, e será arbitrado pelo sérvio Srdjan Jovanovic. Na sexta e última ronda, marcada para terça-feira, Portugal recebe a Espanha, em Braga.

Concluídas quatro jornadas da Liga das Nações, Portugal está no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, após triunfos sobre Suíça (4-0) e República Checa (2-0), ambos em Lisboa, um empate em Sevilha, com a Espanha (1-1), e uma derrota em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha lidera a ‘poule’, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

A formação das ‘quinas’, vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à ‘final four’ da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A ‘final four’ da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

 


;