Triunfo que deixa boas perspetivas

Futsal Fem. - Seleção A

A Equipa das Quinas derrotou a Ucrânia, por 8-1, no primeiro de dois jogos de preparação frente a esta seleção.

A Seleção Nacional A de futsal feminino venceu, esta quarta-feira, a Ucrânia, por 8-1, no primeiro de dois encontros de preparação, em Rio Maior, frente a esta equipa.

Estes encontros servem para preparar as comandadas de Luís Conceição para a Fase de Qualificação para o Campeonato da Europa, que recorde-se, vai ser disputada entre 19 e 24 de outubro, em Karlovac, na Croácia. O segundo encontro diante da Ucrânia será disputado esta quinta-feira, no mesmo local, pelas 17h00.

Numa partida frente a uma formação com valor reconhecido no panorama do futsal feminino, as comandadas de Luís Conceição entraram autoritárias e asfixiaram a congénere ucraniana nos primeiros minutos, de tal forma que aos quatro minutos, a Equipa das Quinas já vencia por 3-0, com dois golos de Ana Pires (2' e 4') e um de Janice (3'). 

A reação ucraniana chegou aos oito minutos, por Sofiia Ruban, mas durou pouco tempo, pois no minuto a seguir, Raquel Santos voltava a dar volume à superioridade portuguesa, que seria ainda mais evidente quando Janice Silva bisa, aos catorze minutos. 

O resultado ao intervalo era sintomático do domínio e da 'avalanche ofensiva' portuguesa que se tinha assistido em Rio Maior e a segunda parte não alterou isso, embora a eficácia só se fizesse sentir nos últimos minutos. Depois de a guardiã ucraniana ter evitado inúmeras ocasiões de golo por parte da Equipa das Quinas, a persistência deu resultados, com Sara Ferreira a marcar por duas vezes (38' e 39') e Ana Pires a completar o hat-trick a cinco segundos do final.

Esta quinta-feira há novo jogo diante da Ucrânia, em Rio Maior. Saiba como pode ir assistir à partida.

De salientar ainda que na Fase de Qualificação, a Equipa da Quinas encontra-se no Grupo 2, juntamente com Croácia (organizador), Polónia e Eslovénia. Apenas os vencedores dos agrupamentos seguem para a fase final da competição.

Ana Pires em discurso direto:

"Estamos a preparar-nos diariamente para estarmos a 100% no apuramento para o Europeu. Acho que foi um bom teste, demos o nosso melhor e claro que já estamos a pensar na Fase de Apuramento. 

[Sobre o hat-trick] É o resultado do trabalho de toda a equipa, não só o meu. Só assim é que atingimos os objetivos, tanto individuais como coletivos. Tudo o que fazemos é fruto do nosso trabalho e da nossa dedicação."

Sara Ferreira em discurso direto:

"Estamos com vontade de preparar ainda melhor a próxima semana. Temos coisas ainda a corrigir, mas foi um bom teste. Amanhã temos outro, contra esta mesma seleção, vamos melhorar os aspetos menos bons, continuar com as coisas boas que fizemos hoje e preparar a próxima semana na Croácia. 

A Ucrânia é uma seleção forte. Não é por acaso que esteve nas quatro melhores do último Europeu, apanhámo-las na meia-final. É sempre complicado jogar contra equipas muito fortes fisicamente, mas temos as nossas armas e treinamos diariamente para combater essas dificuldades."

Luís Conceição em discurso direto:

"Entrámos muito bem no jogo e isso deu-nos tranquilidade para o resto do encontro. Depois desligámos um bocadinho, a Ucrânia também foi um pouco mais agressiva, obrigou-nos a cometer outros erros e perdemos um bocadinho a dinâmica, o que fez com que tivesse havido momentos do jogo menos positivos. Contudo, fizemos coisas muito bem conseguidas, situações que temos andado a trabalhar e a insistir no nosso trabalho diário e ficámos satisfeitos com isso. Fizemos golos de várias formas e isso deixa-nos também satisfeitos. 

Este é um grupo que já conhecemos há vários anos e que tem vindo a trabalhar juntas. Vai surgindo um valor ou outro, que vamos integrando com qualidade, como foi o caso da Ana Pires, que hoje faz a terceira internacionalização, que vem acrescentar qualidade, acima de tudo, que é o que precisamos também: que vão aparecendo valores novos que nos acrescentem algo e a Ana foi um desses valores. Agora vamos ter a Fase de Apuramento, onde praticamente vamos ter três jogos em quatro dias, com doze atletas, quando por norma andamos com catorze, vai ser um apuramento exigente, e vamos ter que ir para lá bem preparados, toda a gente disponível, toda a gente a 100%, para que depois as coisas se tornem mais fáceis também para nós. É este o caminho que nós queremos. Amanhã há novo jogo, é importante não esquecer que a Ucrânia é quarta classificada do último Campeonato da Europa, uma das melhores seleções do continente europeu, o que mostra também a qualidade do jogo que fizemos hoje. Agora é continuar. 

[Sobre semelhanças entre a Ucrânia e os adversários na Fase de Apuramento] As outras seleções são conjuntos semelhantes, essencialmente a Polónia e a Croácia. A Croácia tem algumas dinâmicas em termos ofensivos idênticos ao que a Ucrânia tem apresentado e que temos observado e esse também é o nosso objetivo: preparar. Já os Países Baixos, o adversário do estágio anterior, também tinha algumas semelhanças com as seleções que vamos defrontar. A Ucrânia vem ajudar a que consigamos sair daqui com as coisas bem preparadas e assimiladas por todos. Sabemos que o trabalho é longo, há várias coisas que temos que refinar. Vamos recuperar essencialmente e depois na reunião tentar corrigir algumas coisas. Inteligentes como elas são e o conhecimento que têm no jogo, mesmo na reunião conseguimos corrigir e adaptar algumas coisas e isso acaba por ser importante depois no jogo seguinte. Vamos jogar amanhã e ter mais quatro treinos depois, o tempo é muito curto e vamos ter que rentabilizar isto ao máximo, para irmos refinando isto que ainda nos falta. 

Portugal está habituado a andar sempre nos jogos decisivos, nas finais, a lutar pelos lugares do pódio. Claro que queremos chegar à final, queremos chegar ao primeiro lugar, mas para isso temos esta etapa agora que temos de ultrapassar. Temos que ganhar agora este apuramento, temos que ficar em primeiro lugar e vamos ficar, é esse o nosso desejo para depois podermos estar na fase final. São etapas, temos que as cumprir, mas sabemos que vamos chegar lá."

FICHA DE JOGO

Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior
Jogo de Preparação

Árbitros: Miguel Castilho e Filipe Duarte
3.º árbitro: Toni Fife
Cronometrista: Ricardo Fernandes

PORTUGAL 8-1 UCRÂNIA (5-1 ao intervalo)

Portugal (cinco inicial): Odete Rocha, Cátia Morgado, Ana Azevedo - Cap., Janice Silva e Ana Pires;
Jogaram ainda: Ana Catarina Pereira, Taninha, Carla Vanessa, Fifó, Pisko, Sara Ferreira, Lídia Moreira, Raquel Santos e Cris.
Indisponível: Inês Fernandes
Treinador: Luís Conceição
Golos: Ana Pires (2', 4' e 40'), Janice Silva (3' e 14'), Raquel Santos (9'), Sara Ferreira (38' e 39')
Disciplina: nada a assinalar.

Ucrânia (cinco inicial): Viktoriia Kyslova, Anna Shulha, Anastasiia Klipachenko, Alona Kyrylchuk, Iryna Dubytska;
Jogaram ainda: Viktoriia Sahaidachna, Snizhana Volovenko - Cap., Anna Sydorenko, Kseniia Burlachenko, Yana Dychko e Sofiia Ruban.
Treinadora: Oleg Shaytanov
Golos: Sofiia Ruban (8')
Disciplina: nada a assinalar.

 

Eis a lista de convocadas:
ASD Citta di Falconara: Fifó e Janice Silva;
FC Vermoim: Ana Azevedo;
GCR Nun'Álvares: Ana Pires, Carla Vanessa, Cátia Morgado, Odete Rocha, Pisko e Tânia Sousa;
Novasemente GD: Lídia Moreira;
SL Benfica: Ana Catarina; Inês Fernandes; Raquel Santos e Sara Ferreira;
Sporting CP: Cris;

Programa da Seleção:

13 de outubro de 2021 | quarta-feira
10h30: treino no Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior;
19h00: jogo Portugal x Ucrânia (Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior);

14 de outubro de 2021 | quinta-feira
17h00: jogo Portugal x Ucrânia (Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior);
Após o jogo: dispensa das atletas.


;

Notícias