Futebol e Andebol unem esforços

FPF

FPF e FPA acordam cooperação nas áreas da formação, alto rendimento, seleções nacionais e produção de eventos e conteúdos.

A Federação Portuguesa de Futebol e Federação de Andebol de Portugal assinaram um memorando de entendimento através do qual manifestam o interesse mútuo em cooperar em diversas áreas no sentido de promover as duas modalidades.

O protocolo visa, entre outros objetivos, melhorar o potencial e a qualidade do andebol e do futebol em Portugal por via da implementação de atividades em conjunto, assim como articular programas e medidas cooperativas na formação de agentes desportivos, alto rendimento e seleções nacionais.

A organização de eventos em conjunto é um dos projetos considerados no acordo firmado, tendo como referência os momentos altos de competições desportivas em pavilhão e praia nomeadamente a Taça de Portugal, Supertaça e Taça da Liga.

A produção e partilha de conteúdos é outras das áreas contempladas no memorando. As recentes transmissões dos jogos da Seleção Nacional feminina de andebol no Canal 11, plataforma de conteúdos da FPF, foram já um exemplo da cooperação que se pretende com especial enfoque no desenvolvimento do desporto feminino.

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, congratulou-se com este acordo:

“Este protocolo trata-se de mais um instrumento que permite reforçar os laços de cooperação que a FPF mantém com outras federações, neste caso com a Federação de Andebol de Portugal. Temos muitos interesses e preocupações em comum e o último ano, durante o qual partilhámos angústias e dificuldades, mas também propostas e soluções, aproximou-nos mais e reforçou esse espírito de colaboração. Há muitos projetos que podemos alavancar juntos nas áreas da formação, do desenvolvimento das seleções nacionais - onde ambas as federações têm tido resultados muito positivos - ou mesmo no aumento do número de praticantes federados, na organização de eventos ou produção de conteúdos comuns. Por outro lado, inspira-nos a mesma vontade de contribuir para o desenvolvimento do desporto feminino, sendo que a sua promoção através, por exemplo, do Canal 11, é indiscutivelmente uma forma de potenciar a igualdade do género”

O Presidente da Federação de Andebol de Portugal, Miguel Laranjeiro, saudou igualmente esta parceria:

"A cooperação entre as Federações de Andebol e de Futebol têm vindo a existir mas todos estes meses de pandemia vieram reforçar a necessidade deste trabalho, para atingirmos objetivos comuns. As áreas da formação, da realização de eventos conjuntos ou a transmissão no Canal 11 de jogos de andebol, como foi já o caso da Seleção Feminina, são exemplos dessa cooperação. Neste tempo de muitas incertezas, temos de ser criativos, atentos à realidade e capazes de partilhar um caminho de sucesso nas nossas modalidades".

.

 


;
;
14 de Maio 2021
Foto

FPF/André Sanano