#JogaEmCasa com futebol virtual para todos!

eSports

O movimento da FPF eSports bateu recordes e vai continuar a oferecer competição e entretenimento até ao fim da pandemia.

Em março de 2020, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu criar o movimento #JogaEmCasa que, com o seu compromisso de responsabilidade social, se propôs a oferecer competição e entretenimento numa altura em que ficar em casa era imperativo para o combate à pandemia. A FPF eSports, em conjunto com vários parceiros, promoveu um programa de iniciativas e competições que bateu recordes de participação, alcance e visualizações.

Virtualmente ligados à realidade
O #JogaEmCasa promoveu várias competições e desafios de futebol virtual abertos a todos aqueles que quiseram, por momentos, voltar a sentir as grandes emoções do desporto-rei, em segurança, nas quatro linhas com um comando na mão. Foram dezenas as iniciativas e para todos os gostos. Masters Challenge, All Stars Pro Clubs, Continente Family Cup, Red Bull Roda Bota Fora, Digital Challenge by MEO, Taça da Comunidade, Masters by MEO, entre outros.

A adesão foi clara por parte dos portugueses. 5 milhões de pessoas alcançadas pelos conteúdos nas redes sociais da FPF, com mais de 3 milhões de minutos visualizados e 300 mil visualizações nas mais de 50 horas transmitidas. Um registo assinalável que comprova bem o interesse suscitado pelo movimento. 

Neste momento, a FPF eSports já conta com mais de 20 mil jogadores inscritos na plataforma esports.fpf.pt, mais de 260 clubes registados e mais de 12 mil jogos realizados. O número de jogadores inscritos durante o movimento #JOGAEMCASA teve um aumento superior a 5 mil jogadores. Tudo com acompanhamento na RTP Arena e nos canais digitais da FPF. Archarom, Bombnuker, JOliveira10, BHT, Syfde, RicFazeres, Movemind, Nuno Barateli, Armando Vale, Tuga810, Rastaartur e JMoreira foram alguns dos especialistas que estiveram nos comentários.

No final, celebram-se os campeões. Os Apogee venceram a Liga Portuguesa de Pro Clubs, o Leixões arrecadou a Liga 2 Pro Clubs e a UD Oliveirense conquistou o Campeonato de Portugal Pro Clubs. Ainda no Pro Clubs, o Boavista FC garantiu sangrou-se campeão no PC e Costaport, jogador da FTW liderou a equipa da primeira divisão na conquista do All Star Pro Clubs. Tiago Araújo sangrou-se campeão nacional em plena Cidade do Futebol ao vencer RastaArtur numa final inédita. Houve também espaço para novos campeões como Darkley11 que venceu o Digital Challenge by MEO, e os quatro vencedores das Taças da Comunidade, JCena na PS4, DFCosta117 na Xbox, PeterJuni8 no PC e RederHugo no PES, garantiram o mítico troféu da FPF eSports.

Craques no relvado real e virtual
Uma das apostas da FPF eSports foi manter os craques dos relvados, das quadras e das areias, perto dos adeptos, partilhando uma paixão comum, através de um golo virtual, uma emoção transferida de um ecrã para outro, uma vitória festejada à distância.  Os torneios organizados em conjunto com os craques da Seleção Nacional de Futebol foram uma das receitas de sucesso para uma grande adesão por parte de entusiastas do universo do futebol virtual e não só. O Diogo Jota Challenge e o Rúben Neves Challenge contaram com mais de 900 participações cada um, e em que os vencedores tiveram a experiência única de defrontar no relvado virtual os craques da nossa Seleção.

João Félix, Madjer, Ana Capeta, entre outros, também não hesitaram em demonstrar os seus dotes no campo virtual e participaram em iniciativas como o All Star Pro Clubs e a Continente Family Cup. Destaque também para André Gomes que, em conjunto com a FPF e a Douro Cup, deu a cara por uma causa solidária. A Douro Cup by André Gomes juntou o futebol e o futebol virtual para ajudar o IPO do Porto e a causa dos Resistentes.

O movimento #JogaEmCasa prossegue em outubro com o início da época 2020/2021 e muita competição para os amantes de futebol virtual.

Saiba mais em esports.fpf.pt


;
;
30 de Setembro 2020
Foto

FPF

Notícias