Campeões do Mundo!!!!!

Futebol Praia - Seleção A

Portugal bateu Itália (6-4) e conquistou o terceiro Campeonato do Mundo de Futebol de Praia.

CAMPEÕES DO MUNDO!!!!  Portugal conquistou, este domingo, o terceiro título mundial, ao vencer Itália, por 6-4, na final do Campeonato do Mundo Paraguai 2019. 

Depois de ter festejado também em 2001 e 2015, a Seleção Nacional volta a sentir o sabor do Ouro Mundial.

No que diz respeito à partida, a Equipa das Quinas mostrou uma capacidade tremenda. Zurlo (6') começou por dar vantagem aos transalpinos, mas Léo Martins (7') acabou por restabelecer a igualdade. No segundo período, Portugal teve maior domínio e chegou aos 3-1, após golos e Jordan (18') e André Lourenço (18'). O Melhor Jogador do Mundo voltou a marcar aos 26' e Léo Martins (28') colocou o marcador em 5-1. Os italianos ainda reduziram para 5-4, com tentos anotados por Dario Ramacciotti (31' e 36') e Josep Junior (31'), mas Jordan carimbou a vitória aos 35'.

Mário Narciso em discurso direto:

"Os jogos entre Portugal e Itália são sempre muito divididos. As equipas são muito iguais, mas claro que tinha a esperança de podermos ganhar. Neste momento o que me vai na alma é uma grande alegria, não só por mim mas também por aqueles que estão no balneário. Fazer esta gente feliz para mim é uma coisa extraordinária, algo do outro mundo. Sentir que dei o meu contributo para esta conquista é incrível. Foi um ano de sonho, tivemos muitas vitórias! Não será fácil igualar."

"Ter tido o Madjer como meu jogador significa a oportunidade de treinar o melhor de todos os tempos nesta modalidade. Não há palavras para descrever o gosto que me deu ter o Madjer a jogar na minha equipa."

Madjer em declarações ao Canal 11:

"Sabíamos que os italianos estavam muito motivados, mas também sabíamos que eles nunca poderiam estar mais motivados que nós. Já tinhamos sentido o sabor de conquistar um Mundial e queríamos repetir. Entrámos unidos e com esse foco, como fazemos sempre. Foi isso que nos proporcionou controlar o jogo como o fizemos."

"As minhas lágrimas significam um orgulho imenso em ser português em todos os momentos, e não só naqueles em que estamos 'por cima'. Só nós sabemos o que sofremos para conquistar estes títulos. Sáo lágrimas de despedida, uma despedida orgulhosa deste grupo e desta família. Fiz parte de um capítulo maravilhoso desta modalidade. Pertenci a grupos fantásticos, fui treinado por pessoas incríveis, que me ajudaram a crescer - não só em termos desportivos, mas humanos também. Saio do futebol de praia como um homem realizado e com vários exemplos para a minha vida."

"Temos muita qualidade em Portugal. Prova disso é que tivemos aqui um 'menino' [Rúben Brilhante] que acaba de se sagrar campeão do mundo. Está aqui porque tem qualidade. Existem muitos jogadores com muito valor em Portugal e a verdade é que temos um futuro brilhante."

Bruno Torres em declarações ao Canal 11:

"Passámos por muitas dificuldades para chegar aqui. Tivemos muitos momentos de superação, não só durante esta competição mas durante todo o ano. Foi uma época dura, de muito sacrifício, e quando termina assim sabe muito bem."

"Sem dúvida que esta seleção tem futuro. É um trabalho que vem sendo feito ao longo dos anos, com muito mérito de um grupo que ano após ano vai recebendo novos atletas, enturmando-os, dando-lhes motivação e tranquilidade para jogarem e evoluírem. É muito importante dar tempo à juventude, dar-lhes minutos e competições. Só assim é que eles crescem. Quando o podem fazer numa seleção vitoriosa, mais fácil se torna."

"O Madjer? São 12 anos a jogar lado a lado aqui na seleção. Ele merece terminar desta forma, num ano perfeito, em que vencemos tudo com o contributo decisivo dele. Cada um de nós sabe qual é o seu papel, a sua virtude, a sua maior força e também os seus defeitos. Trabalhamos muito em cima disso como grupo, como equipa, como família. O resultado está à vista. Só assim é que se consegue conquistar estes troféus."

Elinton Andrade em declarações ao Canal 11:

"A maior dificuldade pela qual nós passámos foi a etapa de qualificação da Rússia. Este título mundial começou ali. Quero agradecer a Portugal por me ter abraçado. Nasci no Brasil, mas represento esta nação com muito amor. A modalidade tem muito para crescer. Existe um campeonato português, o que é muito importante para a modalidade. Se repararem, as seleções que chegaram às meias-finais têm todas as respetivas ligas nacionais. Acho que já merecia ter ganho a 'luva de ouro' [prémio para melhor guarda-redes do torneio] no Mundial-2015. Treino muito para ganhar tudo coletiva e individualmente, nunca o escondi de ninguém. Não é por dinheiro, é pelo amor de ser um atleta de alto rendimento."


Confira o Media Guide

Veja as melhores fotografias

Ficha de Jogo
FIFA Mundial de Futebol de Praia 2019
Assunção, Paraguai
Estádio Mundialista “Los Pynandi”
Final

1.º Árbitro: Ivo Moraes (Brasil)
2.º Árbitro: Said Hachim (Madagásgar)
3.º Árbitro: Ingilab Mammadov (Azerbaijão)
Cronometrista: Sofien Benchabane (França)

ITÁLIA 4-6 PORTUGAL (1.º P: 1-1) (2.º P: 1-3) (3.º P: 4-6)

Itália (cinco inicial): Simone Del Mestre, Gentlin, Alfioluca Chiavaro, Dario Ramacciotti e Gabriele Gori
Suplentes: Andrea Carpita, Francesco Corosiniti (Cap.), Frainetti, Simone Marinai, Paolo Palmacci, Percia Montani e Emmanuele Zurlo
Treinador: Emiliano Del Duca
Golos: 1.º Período: Zurlo (6'); 3.º Período: Dario Ramacciotti (31' e 36') e Josep Junior (31')
Disciplina: Cartão amarelo a Del Mestre (27'), Chivaro (27') e Ramacciotti (34')

Portugal (cinco inicial): Elinton Andrade, Rui Coimbra, Jordan, Bê Martins e Léo Martins
Suplentes: Tiago Petrony, Bruno Torres, André Lourenço, Rúben Brilhante, Belchior, Von e Madjer (Cap.)
Treinador: Mário Narciso.
Golos: 1.º Período: Léo Martins (7'); 2.º Período: Jordan (18') e André Lourenço (18'); 3.º Período: Jordan (26' e 35') e Léo Martins (28')
Disciplina: Cartão amarelo a Jordan (27') e Belchior (29')


;
;
29 de Novembro 2019
Foto

FIFA

Notícias