Fernando Santos: "Temos capacidade para acabar em primeiro"

Seleção A

Selecionador Nacional analisou a vitória de Portugal sobre a Lituânia. Confira também as reações dos internacionais portugueses.

FOTOGALERIA

Fernando Santos em discurso direto, no final do jogo entre Portugal e Lituânia, em Vilnius:

“Somos melhores e ganhámos por isso. São três pontos importantes, demos sequência à vitória na Sérvia e estamos mais perto da qualificação direta. Faltam quatro vitórias para conquistar, são quatro finais para chegarmos ao final no primeiro lugar [do grupo B]."

[Se alterações ajudaram] "Sim, é verdade, mas não estivemos bem naquilo que foi a nossa organização e essa responsabilidade é minha. Deixámos o jogo partir, que era o que a Lituânia preferia, para depois poder sair em velocidade e criar alguns problemas. Devíamos ter controlado o jogo de outra forma e, se o tivéssemos feito, seguramente que a primeira parte teria corrido de outra forma."

[Se o resultado tranquiliza a Seleção] "Não é uma questão de estar mais confortável. Sabíamos que [antes destaa dupla jornada] tínhamos seis finais. Foi assim na qualificação para o Euro 2016, foi assim no apuramento para o Campeonato do Mundo, onde não começámos bem ao perder na Suíça. Mas sabíamos que tínhamos nove finais e vencemos. Estou convicto de que temos capacidade para acabar em primeiro neste grupo."

[Sobre o ‘poker’ de Cristiano Ronaldo] "É o melhor do mundo. É a prova clara e inequívoca de que é o melhor jogador do mundo”.

Cristiano Ronaldo em discurso direto:

“Para mim, é um orgulho representar a Seleção. Estamos a passar por um bom momento, eu estou a passar por um bom momento e a equipa esteve bastante bem hoje, como esteve frente à Sérvia. Quero desfrutar deste momento, não só por ter marcado os golos, mas por ver o nível que a equipa tem demonstrado nos últimos anos. Estou muito feliz por isso."

[Se o apuramento está perto] "Acho que o mais difícil foi feito, que era ganhar na Sérvia. Hoje também, por isso estamos mais perto. Se ganharmos mais um dos jogos [que faltam] já é suficiente. "

[Novos recordes] "Como digo sempre. não vivo o futebol pensando nos prémios individuais, mas obviamente, que isso é uma consequência daquilo que ganhamos coletivamente. É bom, não vou mentir, mas não penso nisso. O importante era ajudar a Seleção. Estou muito feliz e o que mais quero é continuar assim”.

João Félix em discurso direto:

"Marcámos cedo, mas a Lituânia empatou de bola parada. Tivermos dificuldade em chegar ao segundo golo, mas depois foram uns atrás dos outros."

[Ainda não marcou na Seleção] "Hoje a bola não quis entrar, pode ser que na próxima entre."

[Sobre a influência de Cristiano Ronaldo] "Ter o Cristiano ajuda, e de que maneira. Já não há nada a dizer sobre ele. Quando o criticam, ele prova sempre que estão errados."

Rúben Neves em discurso direto: 

“Quero agradecer muito a este público. Tantos quilómetros de distância e vieram em grande número. A vitória é para eles."

"Hoje em dia não há jogos fáceis. As equipas estudam muito bem os adversários. Sabíamos que íamos encontrar uma equipa muito bem organizada lá atrás, a tentar sair no contra-ataque, e fomos alertados para isso. Na primeira parte, não estivemos tão bem no aspeto defensivo, mas, na segunda, ajustámos pormenores no nosso jogo e conseguimos sair daqui com a vitoria, que era o nosso objetivo."

[Sobre o objetivo do apuramento direto] "Pensamos jogo a jogo. O nosso objetivo é fazer o que fizemos nessa dupla jornada, que é ganhar. Sabemos que temos mais quatro jogos pela frente e, portanto, vamos lutar nos nossos limites e ganhar cada um deles para marcarmos presença no próximo Europeu”.

Rafa em discurso direto:

"Não faltou tranquilidade à nossa Seleção. Sabíamos que ia ser um jogo difícil, num campo sintético, a que não estamos habituados. É complicado, mas a equipa soube reagir bem a isso, esteve muito bem na partida e ganhámos."

"Sabíamos que estes dois jogos [Sérvia e Lituânia] eram muito importantes para continuarmos a nossa caminhada rumo ao Europeu. Conseguimos ganhar e isso foi o mais importante".

 


;
;
10 de Setembro 2019
Foto

FPF/Francisco Paraíso

Notícias