Notícia

Mensagem do Presidente da FPF

Seleções

Fernando Gomes faz um balanço da atividade da FPF durante os últimos cinco anos e antecipa os desafios para 2017.

“Um célebre pensador grego, Heraclito, disse uma vez que ´não nos podemos banhar duas vezes no mesmo rio porque as águas se renovam a cada instante´.

Já muito próximos das nossas celebrações de Natal e Ano Novo, data propícia a balanços e estabelecimento de novos objetivos, e no dia em que a atual direção da Federação Portuguesa de Futebol, a que tenho a honra de presidir, comemora o seu quinto aniversário, dirigimo-nos aos nossos adeptos e amigos com uma mensagem virada essencialmente para o futuro.

Se o ano de 2016 foi, indiscutivelmente, o ano de maior sucesso desportivo da história do Futebol Português, temos a esperança que o próximo seja igualmente próspero, repleto de alegrias, jogadas mágicas e grandes golos.

Mais importante do que fazer o balanço da atividade da FPF nos últimos cinco anos esta será uma oportunidade única de antecipar os desafios que temos pela frente em 2017, de demonstrarmos a nossa gratidão pelo apoio que todos os portugueses nos devotam e de reafirmar o nosso compromisso de tudo fazermos para estar à altura da sua generosidade.

Nos próximos doze meses as nossas vinte e duas seleções nacionais enfrentarão novas batalhas entusiasmantes. A Seleção Nacional AA continuará a procurar a qualificação para o Mundial 2018 da Rússia e defenderá o seu título de melhor equipa da Europa na importante Taça das Confederações. A Seleção Nacional sub-21 jogará, na Polónia, a Fase Final do Euro 2017, depois de, há dois anos, ter marcado presença na Final da República Checa.

Num contexto de pleno funcionamento da nossa Cidade do Futebol, apoiaremos, pela quarta vez consecutiva, a presença de Portugal na Fase Final do Campeonato do Mundo de sub-20, a disputar na Coreia do Sul.

As nossas quatro Seleções Nacionais, masculinas e femininas, de sub-17 e sub-19, marcarão presença na Ronda de Elite dos respetivos Europeus, onde tentarão garantir a presença na Fase Final. A Seleção Nacional sub-17, campeã europeia em título, e a Seleção Nacional sub-19, semi-finalista do último Euro, tentarão igualmente solidificar a sua liderança e conquistar o Troféu Maurice Burlaz, atribuído, de dois em dois anos, à melhor nação europeia nos escalões de formação.

Num contexto de grande desenvolvimento do futebol feminino, a nossa Seleção Nacional Feminina participa pela primeira vez numa fase final de um Campeonato da Europa. A nossa viagem à Holanda permitirá que todos vejam a nossa evolução numa vertente feminina que é apanágio das sociedades mais paritárias, modernas e desenvolvidas.

Com o desafio de juntarmos, num compromisso eleitoral público, o futsal e o futebol de praia ao futebol de onze na nossa nova casa em Oeiras, apoiaremos mais uma tentativa de qualificação para o Euro Futsal e a defesa, nas areias das Bahamas, em maio, do nosso título mundial.

Num ano em que realizaremos a segunda edição do Football Talks e da Gala Quinas de Ouro, partimos ainda com a convicção de que é possível continuar a apoiar os nossos clubes, jogadores, treinadores, dirigentes e sócios e que poderemos ter igual sucesso na nossa missão de continuar a fazer crescer o número de praticantes, femininos e masculinos, de futebol em Portugal. Um clima de grande cooperação institucional com as autarquias, de norte a sul do país, nos Açores e na Madeira, faz-nos estar otimista em relação a esta última e decisiva missão.

Não será possível, talvez, banharmo-nos duas vezes no mesmo rio. Será possível, com todo o vosso apoio e dedicação, enfrentar novas águas com a mesma paixão, entusiasmo e amor à camisola.

Força Portugal!”

O Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes


;
;
17 de Dezembro 2016
Foto

FPF

Notícias